Featured Posts
Recent Posts
Archive
Search By Tags
Follow Us
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square

Insegurança estrutural



É fácil tomar decisões quando tudo vai bem, não é mesmo? Caixa cheio, mercado pujante nos tornam corajosos. Mas, quando as coisas não vão como planejado ou esperado, tomar decisões passa a ser algo no mínimo, incômodo.


Erros absurdos advém de decisões precipitadas provocadas pelo que chamo de insegurança estrutural.


Mas, o que seria essa tal de "insegurança estrutural"?


Fácil de entender, mas difícil de se aceitar. Insegurança estrutural é o fruto da falta de capacidade técnica sobre determinados assuntos. É isso mesmo, muitos decidem sem o verdadeiro conhecimento de causa. Um exemplo típico no nosso setor, é um bom desenvolvedor opinar sobre o que deve conter um produto, sem nunca ter conhecido realmente o mercado para o qual foi instruído para desenvolver soluções ou até mesmo um excelente vendedor opinar sobre como deve ser estruturado um código. Cada macaco no seu galho.


Muitos decidem sobre vários aspectos do negócio e por não dominar determinados assuntos ficam inseguros e mudam suas decisões radicalmente achando que essa ação é justificada tendo uma sensação de agilidade e resiliência...só que não.


A medida que o dia a dia coloca suas demandas, mais e mais decisões são solicitadas para que não percamos o controle do jogo e os decisores são chamados para cumprir seu papel, ou seja, decidir com propriedade. Muitos continuam achando que acertam, mas começam a se sentir inseguros quanto a direção estar ou não correta e essa sensação vai aumentando a medida que problemas vão surgindo e suas decisões já não aparecem mais tão acertadas.


É melhor encaramos a realidade: como opinamos sem realmente termos conhecimento de causa? Dificilmente um técnico de qualquer área será respeitado pelo seu time se não trás em seu DNA toda a experiência acumulada.


As decisões que são embasadas apenas na teoria e não na vivência, geram a insegurança estrutural e são nos momentos de tensão, onde as coisas não vão tão bem, que ela aparece com muito mais força e pode atrapalhar o crescimento das empresas. Que cada um faça uma autoanálise sobre sua real autoridade no campo onde está sendo chamado a cumprir com o seu papel de decisor para não acabar colocando os negócios em risco.